RESENHA: Cruzando o Caminho do Sol - Corban Addison


Cruzando o Caminho do Sol
Autor: Corban Addison
ISBN: 978-85-8163-009-0
Páginas: 447
Editora: Novo Conceito
Ano: 2012
Sinopse: Sita e Ahalya são duas adolescentes de classe média alta que vivem tranquilamente junto de seus familiares, na Índia. Suas vidas tranquilas mudam completamente quando um tsunami destrói a costa leste de seu país, levando com suas ondas a vida dos pais e da avó das meninas. Sozinhas, elas tentam encontrar um modo de recomeçar a vida. Mas elas não devem confiar em qualquer um... Enquanto isso, do outro lado do mundo, em Washington, D. C., o advogado Thomas Clarke enfrenta uma crise em sua vida pessoal e profissional e decide mudar radicalmente: viaja à Índia para trabalhar em uma ONG que denuncia o tráfico de pessoas e tenta reatar com sua esposa, que o abandonou. Suas vidas se cruzarão em um cenário exótico, envolto por uma terrível rede internacional de criminosos. Abrangendo três continentes e duas culturas, Cruzando o Caminho do Sol nos leva a uma inesquecível jornada pelo submundo da escravidão moderna e para dentro dos cantos mais escuros e fortes do coração humano.

Enredo
• Espaço: É uma descrição de grande importância, visto que sua função principal é ambientar o leitor em lugares que o mesmo pode não conhecer (afinal, a leitura, em si, já é uma viagem e tanto). Todavia, esta caracterização não é feita de modo aleatório ou cansativo.
• Tempo: Neste enredo, a descrição temporal se torna importante para embasar tecnologia, cultura, vestimentas e linguajar próprio das personagens.
• Personagens: As personagens principais são muito complexas. O autor, ao inseri-las em cada capítulo, imprime à história suas emoções, medos, anseios... O leitor consegue sentir-se na pele de cada uma delas. Outra característica que choca é a simplicidade da mente das meninas em contraste com o ambiente hostil do mercado sexual. As protagonistas desta história são muito reais. Infelizmente, existem muitas Sitas e Ahalyas neste mundo.
• Criatividade: O modo como a temática foi trabalhada e envolvida é criativa e intensa.
• Andamento do enredo: A leitura já começa intensa logo nos primeiros capítulos. O leitor sente-se apiedado e apreensivo pela situação trágica em que as meninas se envolvem. Em contrapartida há Thomas, que também possui uma história triste, mas não tão trágica. O que estas personagens terão em comum e o momento em que se encontrarão é um mistério que levará o leitor até a última folha.
• Início, meio e fim: Desde o início, a escrita e os acontecimentos da história levam o leitor aos extremos. Não é brutal ou "nojento", mas de certo modo é chocante. O mercado sexual é uma das tristezas deste mundo de hoje, e todo este sentimento está impregnado do começo ao fim. De certo modo, algo que se mantém constante é: a vontade que o leitor tem de que "o bem vença no final", mesmo que esta não seja tão certa afinal. A mensagem é tocante.

Estrutura "Artística"
• Capa: A mescla entre pintura e simbologia indiana é muito pertinente.
• Diagramação: Excelente.
• Fontes: de tamanho excelente, fácil assimilação e leitura.
• Sinopse: Esta acima demonstrada não entrega muito do enredo, já que o foco principal são as emoções e os pensamentos das personagens contextualizados à época em que se encontram.
• Enredo: Perfeitamente estruturado, construído e com referências históricas e espaciais de detalhes impressionantes.

Estrutura Física (Materiais)
• Capa: Material agradável ao toque, permite que a lombada seja aberta razoavelmente sem se deformar. Na capa em si, pode estar sujeito a alguns vincos ou rasgos, mas nada alarmante. .
• Páginas: De cor amarelada, reduzem a intensiva reflexão de luz, auxiliando o leitor a prolongar seu tempo de leitura. Um adendo são os desenhos que o tornam ainda mais belo.

Análise
Enredo (x2): 4,75
 • Espaço (x2): 5 (muito bom);
 • Tempo (x2): 5 (ótimo);
 • Personagens (x2): 5 (ótimas);
 • Criatividade (x1): 4 (muito bom);
• Andamento do enredo (x2): 4 (muito bom);
• Início, meio e fim (x3): 5 (ótimo);

Estrutura Artística (x1): 4,78
 • Capa (x1): 5 (ótima);
 • Diagramação (x1): 5 (ótima);
 • Fontes (x2): 5 (ótimas);
 • Sinopse (x2): 4 (muito boa);
• Enredo (x3): 5 (ótimo);

Estrutura física (x1): 5
 • Capa (x1): 5 (ótima)
• Páginas (x2): 5 (ótimas)

Nota final: [2.(4,75) + (5).1 + 5.1]/4= 4,82




Gostei da obra?
É um livro maravilhoso. Gosto bastante de livros que mesclam culturas. Também gosto de conhecer melhor outros lugares e as situações lamentáveis que o mundo de hoje vive (é preciso saber para melhorar), como demonstrado nas histórias de Khaled Housseini. Todavia, Corban Addison demonstrou ser um autor que merece bem mais a minha admiração. Não é a emoção pela emoção. Demonstra que, por mais que esta obra seja ficcional, os acontecimentos terríveis que estão contidos nela ocorrem por toda parte a todo momento, muitas vezes nós nos cegamos para isto. Acho que nunca mais verei a vida com outros olhos. Peço desculpas se não consegui expressar bem, mas este livro foi tão marcante... E os melhores livros normalmente são os mais difíceis de analisar.

O Autor
Corban Addison é graduado em Direito pela Universidade de Virgínia e em Engenharia pela California Polytechnic State University, San Luis Obispo. O autor interessa-se especialmente por direitos humanos internacionais e é apoiador de inúmeras causas, inclusive da abolição da escravatura moderna. Mora com a esposa e com seus dois filhos em Virgínia. Cruzando o Caminho do Sol é seu primeiro romance.

Agradeço à Editora Novo Conceito pelo exemplar.




Share this:

COMENTÁRIOS

2 comentários:

  1. Estou louca por esse livro! Parece incrível! :D

    ResponderExcluir
  2. Realmente esse livro tem causado impacto nos leitores, espero apreciar a leitura do mesmo modo que você apreciou. Beijoaks Elis

    ResponderExcluir